19.05.2013

O GAUCHO E SEU MATE

No sul do país, terra dos gaúchos, tem-se o hábito de tomar o chá mate, mais conhecido como chimarrão. O ritual é composto por uma cuia, uma bomba, erva mate moída e água morna.
Mas quem são os gaúchos? No início, quando a atividade da região sul resumia-se à extração do couro do gado selvagem, os habitantes eram conhecidos como guascas, que significaria “tira de couro cru”. Em 1770, de acordo com o historiador Emilio Coni, aparece o termo “gaudério”, aplicado aos “aventureiros paulistas que desertavam das tropas regulares para se tornarem coureadores e ladrões de gado.” Segundo Emilio, é apenas por volta de 1790 que surge o termo “gaúcho” e mantem-se depreciativo até a metade do século dezenove, aplicado “aos mestiços de espanhol e português com as índias guaranis e tapes missioneiras.” Para a maioria dos autores rio-grandenses, existe outra explicação, o “gaúcho” viria da palavra Huagchu, de origem quêchua, que significa órfão e designaria os filhos de índias com brancos, portuguêses ou espanhóis.
A tradição do chimarrão é também antiga e vem da época que os espanhóis aportaram em Cuba, foram ao México conhecer as civilizações Maia e Azteca e chegaram finalmente, em 1536, a foz do Rio Paraguay. Os viajantes, nômades por natureza, longe des suas mulheres e com saudades da terra natal, eram conhecidos pela bebida pesada e pelos dias seguintes de forte ressaca. Com o tempo observaram que tomando um chá estranho de ervas, utilizado pelos índios, o dia seguinte passava de forma mais sútil. A partir daí tornou-se comum o transporte do chá na garupa dos soldados espanhóis.
O chimarrão, termo adotado pelo Brasil, chegou a ser proibido durante o sécuo XVI, sendo considerado como “erva do diabo” pelos jesuítas. A partir do século XVII o uso passou a ser incentivado para afastar as pessoas do álcool. A bebida é preparada com erva-mate moída, adicionada de água quente, sem ferver, tem gosto meio amargo e é tomada no aparato típico. Estudos descobriram a presença de muitas vitaminas, como Complexo B, Vitaminas C e D e sais minerais, como cálcio, manganês e potássio. Além disso a erva combate aos radicais livres, auxilia na digestão, funciona como diurético, estimulante e laxante. Nada mal....Vai um chimarrão ai?

illustrations by kaju.ink
piece of cloud by AEROGAMI